Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Campanha Natal Especial nas Apacs

Proporciona um Natal solidário e alegre aos filhos de recuperandos


Publicado em 11 de Abril - 2017
banner_natal_apacs-01.jpg

O Programa Novos Rumos promove anualmente, nos fóruns das comarcas onde há Apacs em funcionamento, a Campanha Natal Especial nas Associações de Proteção de Assistência ao Condenado (Apacs). O programa tem como parceiros os fóruns locais e o Núcleo de Assistência Servidor Solidário, formado por servidores do TJMG.


  • A campanha de natal das Apacs tem como objetivo proporcionar um natal mais solidário e alegre aos filhos dos recuperandos que estão presos.

     

    O Programa também mobiliza magistrados, servidores, frequentadores dos fóruns das comarcas e demais interessados (como integrantes de associações religiosas, do Rotary, Lions Club).

     

    A festa promove ainda a aproximação do Judiciário local das Apacs e a interação entre os recuperandos, seus familiares, a comunidade e entidades parceiras.

  • O Programa encaminha material de divulgação da campanha aos juízes de Direito titulares das varas de execução penal das comarcas e aos presidentes das Apacs.

     

    As Apacs encaminham aos fóruns as listagens com o nome dos filhos dos recuperandos, idade (menores de 12 anos), bem como tamanho da roupa e numeração do calçado.

     

    A partir destas listagens, as crianças são apadrinhadas por pessoas da comunidade.

     

    Cada Apac escolhe a data mais conveniente para fazer sua festa e realizar a entrega dos presentes às crianças.

     

    Como apadrinhar uma criança

    Qualquer pessoa interessada no apadrinhamento poderá se dirigir ao fórum local e escolher a criança pelo nome constante na listagem.

    O que conterá cada kit

    Os kits para as crianças conterão ao menos uma roupa e/ou calçado e um brinquedo. Caso não seja alcançada a quantidade mínima de doações, o Núcleo de Assistência Servidor Solidário, parceiro do Programa Novos Rumos, fará a suplementação.

    • 2016 - 1.382 crianças apadrinhadas, em 25 comarcas

     

    • 2015 - 1.690 crianças apadrinhadas, em 31 comarcas;

     

    • 2014 - 1.460 crianças apadrinhadas, em 36 comarcas;

     

    • 2013 - 1.737 crianças apadrinhadas, em 32 comarcas;

     

    • 2012 – 1.832 crianças apadrinhadas, em 33 comarcas;

     

    • 2011 – 1.668 crianças apadrinhadas, em 33 comarcas;

     

    • 2010 – 1.242 crianças apadrinhadas em 26 comarcas.